E não, este blog não fala sobre ervilhas.

Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

 

"
A ler:: Sem dizer Adeus
publicado por Miuda às 17:03
link do post | Deixa a tua impressão | favorito

 

 

Desculpem lá mas eu sou a favor da nova lei do tabaco.

Se há coisa que me incomoda solenemente é ir a qualquer lado e ter de gramar com o fumo do cigarro dos outros. Não quer dizer que sejam todos assim, mas regra geral os senhores fumadores não têm o minimo respeito por quem não fuma. (Sim pai, a boca também é para ti).

Ora bolas, então se eu não fumo, tenho de gramar com o fumo do cigarro dos outros porquê?

Vá, cruxifiquem-me!

 

Já toda a gente percebeu que não se pode fumar em superficies fechadas, já toda a gente percebeu que se paga multa se o fizerem (bem, pelo menos a maioria), mas o assunto é sempre noticia do dia...MOVE ON páh!

 

 

Titulo da fotografia: 'Give Up Smoking or Give Up Life'

Fotografia de: De Sousa 

 

A ler:: Sem dizer Adeus

Aindei a mexer no 'sarcófago' e encontei uma série de cartas de amor.

Umas escritas por mim a alguém  que outrora me foi especial ( e que nunca foram entegues) e outras que me foram escritas por essa mesma pessoa...

Se voltasse a ver o V.,  entregar-lhe-ia as cartas, tenho a certeza de que sorririamos juntos sobre coisas que na altura nos deixaram bastante para baixo...

Enfim, eu pelo menos li, sorri e sem dúvida deslumbrei-me...

 

Somos de facto uns patetas quando estamos apaixonados, ridiculos até se quiserem, e as minhas cartas são assim, ridiculas tal como o amor o é.

As palavras eram intensas de uma forma que mesmo passados tantos anos, ainda contêm em si a magia de outros tempos, de sentimentos já ultrapassados e de sensações e emoções já esquecidas...

As palavras eram puras e cheias de significado e por outro lado ingénuas porque pensamos que as coisas boas não têm um fim definitivo...

Sempre guardei as coisas que para mim, de um modo ou de outro significaram alguma coisa ou marcaram algum momento especial e do qual não me queria esquecer.

 Guardar essas mesmas coisas, para mim significa manter vivas na memória essas mesmas sensações e recordações que me fizeram sorrir um dia, e outras que me esmagaram mas que me fizerem aprender valiosas lições...

Há anos que não escrevo uma carta de amor e há anos que não recebo uma, e portanto a minha caixa está vazia. Talvez volte a escrever uma carta e pode ser que venha a receber uma de volta.

E depois então, pode ser que perceba a lógica de sermos simples marionetas manipuladas por um sentimento tão complexo chamado amor.

 

 

 

      ' Todas as palavras esdrúxulas,
       Como os sentimentos esdrúxulos,
       São naturalmente
       Ridículas'

(Fernando Pessoa)

 

A ler:: Sem dizer Adeus

Sobre a miúda dos lábios cor de ervilha
pesquisar
 
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

30
31


Impressões
Queres ir ao Dubai ?
Eu também já vi coisas bem giras quando ia nop car...
posso trazer um lenço se quiseres, pois não é boni...
O amor, quando demasiado ofegante, acaba por afast...
OlaDeve ter sido uma viagem xpetacular ...
http://letmesign.blogs.sapo.pt/
olá sofia, passei por aqui e estou aver k tens and...
pois, já foi um grande passo chegar pela segunda v...
Ufaaaa, já está!!!
faz como eu... vai tudo ao moljo!! resulta sempre ...
links
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro