E não, este blog não fala sobre ervilhas.

Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008
Eu via o vitinho todas as noites antes de os meus pais me recambiarem para a caminha.
Faz parte das minhas memórias de infância, assim como o pão com manteiga, as tardes a brincar na terra, as personagens do dartacão que saiam na farinha que faziam as delicias dos miudos...
Bolas...de repente senti-me velha...
A ler:: Sem dizer Adeus
publicado por Miuda às 22:51
link do post | Deixa a tua impressão | cuscuvilhar aqui (5) | | | favorito

De: Bjork
All is full of love
A ler:: Sem dizer Adeus
publicado por Miuda às 22:41
link do post | Deixa a tua impressão | cuscuvilhar aqui (2) | | | favorito

Hoje vi uma personagem que me deixou no minimo arrepiada. Levava umas havaianas enfiadas no dedito do pé, uns calções pelas canelas e uma t'shirt de manga curta.

E eu a pensar cá para com os meus botões que se fosse eu, os meus deditos dos pés estariam em cubinhos de gelo e estaria com formações de gelo ao tipico estilo das 'estalactites' ,a sair do nariz.

Bom, o que é certo é que em pleno inverno frio e tempestuoso, o rapaz não parecia ter frio e eu pelo contrario, estava armada até aos dentes com casaco grosso de inverno, camisola de gola alta, peúgas de lã e cachecol.

Está bem, confesso...

 

 sou uma friorenta da pior espécie, mas da pior espécie mesmo. Durmo em lençois polares, com botija de água quente dois cobertores e dois edredons, meias de lã, pijama polar e só não durmo de luvas e gorro porque parece mal e também porque o J provavelmente  ou morreria de riso ou me mandaria dormir no forno.

A dizer a verdade, o J dorme quase em pelota e sem meias o que para mim seria algo completamente impensável, ah e também dorme meio destapado, diz ele que o quarto parece a sauna. E realmente o rapaz parece mais magro, será disso?

 

 

A ler:: Sem dizer Adeus
publicado por Miuda às 21:05
link do post | Deixa a tua impressão | cuscuvilhar aqui (2) | | | favorito

Fui a casa da minha mãe.
Já lá não metia os pés há uns tempitos (largos) mas a conversa é sempre a mesma:
'Vê-lá se cá apareces mais vezes',
isto no tom de desafio que só a minha mãe sabe fazer.
Bom, adiante.
Andei no sotão a remexer no baú, mais conhecido lá em casa por 'sarcófago' e encontrei um livro muito especial.
 O meu primeiro livro de todos.
Foi a minha mãe que comprou eu ainda nem andava na escolinha, não sabia ler e muito menos escrever. De facto não percebia patavina do que lá vinha escrito mas tinha bonecos e eram giros e isso é que era importante.
Era um livro azul de capa dura das aventuras do Tom and Jerry e eu não me separava dele, a minha mãe conta em jeito de brincadeira que só me faltava dormir com aquilo.
 Lembro-me de ir no carro com o meu pai ao café e de ir no banco de trás deslumbrada com os bonequinhos, já sabia aquilo tudo de cor pois fazia a coitada da minha mãe ler aquilo vezes sem conta.
A 'reliquia' (amarfanhada claro está) já está ali arrumada na prateleira junto dos meus outros livros.
Posso dizer hoje que sou um bocadinho mais feliz.
A ler:: Sem dizer Adeus
publicado por Miuda às 20:07
link do post | Deixa a tua impressão | | | favorito

Sobre a miúda dos lábios cor de ervilha
pesquisar
 
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

17
18
19



Impressões
Queres ir ao Dubai ?
Eu também já vi coisas bem giras quando ia nop car...
posso trazer um lenço se quiseres, pois não é boni...
O amor, quando demasiado ofegante, acaba por afast...
OlaDeve ter sido uma viagem xpetacular ...
http://letmesign.blogs.sapo.pt/
olá sofia, passei por aqui e estou aver k tens and...
pois, já foi um grande passo chegar pela segunda v...
Ufaaaa, já está!!!
faz como eu... vai tudo ao moljo!! resulta sempre ...
links
Piaçaba
badge
Piaçaba
badge
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro